Reforma Previdência, Risco

Prêmio de risco segue alto mesmo após alívio recente

Prêmio de risco segue alto mesmo após alívio recente

“O ponto é que a reforma da Previdência ainda não deve ser aprovada neste ano. E as boas notícias dos últimos dias não alteraram isso”, diz o sócio-gestor da Modal Asset, Luiz Eduardo Portella. Para o gestor, os atuais prêmios de risco não parecem “exagerados”, justamente porque ainda não houve mudança qualitativa relevante no cenário. “A trajetória da dívida estava e ainda está explosiva. Difícil não haver prêmio de risco elevado no longo prazo sem a âncora fiscal.”

Leia mais em: http://www.valor.com.br/financas/5038112/premio-de-risco-segue-alto-mesmo-apos-alivio-recente