-
bons resultados, julgamento, modal asset, resultado votação

Fundos extraem bons resultados do evento Lula

Fundos extraem bons resultados do evento Lula

“Próximo do julgamento, a Modal Asset zerou a posição vendida (apostando na baixa) em dólar e em contratos futuros de DI com vencimentos intermediários. Ao mesmo tempo, reduziu parte da fatia alocada em bolsa substituindo-a por opções de compra, tornando a exposição líquida em ações menor, descreve o sócio-gestor Luiz Eduardo Portella. Como o mercado reagiu com entusiasmo ao resultado da votação, a ponta do derivativo inflou o desempenho dos multimercado Modal Tactical. Só na quarta-feira, o fundo ganhou 0,52%, o melhor dia do ano para a carteira que passou a acumular no ano ganho de 1,48%.

Portella prevê um primeiro trimestre de ganhos para os ativos brasileiros, com realizações na sequência e um segundo semestre mais complicado não só pelas eleições como pelo cenário externo, em meio a possíveis pressões inflacionárias nos EUA.

Nesse intervalo mais curto, a bolsa é o principal cavalo para capturar o ciclo de recuperação da economia e dos resultados das empresas, sob o auxílio do fluxo externo que tem se provado forte neste início de ano. Até o dia 22, o capital externo tinha trazido para o pregão R$ 6 bilhões, 45% de tudo que entrou o ano passado inteiro.

Com a percepção de que o dólar caminha para a casa dos R$ 3,10, Portella vê espaço para que as projeções de juros longos também sejam reduzidas na B3. “Tem vencimento [de DI] que projeta a Selic acima de 10%, tem muito de eleição nesse prêmio”, diz, acrescentando que o processo está apenas no meio do caminho. “Para queimar tudo falta mais um movimento igual [ao de quarta], talvez a gente veja isso nas próximas duas semanas.”