eleições, menor liquidez, mercado

Cenário global e risco político demandam cautela

Cenário global e risco político demandam cautela

“Embora o mercado futuro de juros tenha incorporado uma Selic na casa dos 7,5% a 8% ao ano até a virada do ano, a mudança de tom dos bancos centrais do G-10, desde o fim de junho, com mais ênfase à retirada de estímulos, pode causar um revés nos preços dos ativos mundo afora e sobrar até para a renda fixa doméstica, adverte o sócio-gestor do Modal Asset, Luiz Eduardo Portella”.

Leia mais em: http://www.valor.com.br/financas/5049792/cenario-global-e-risco-politico-demandam-cautela